Rui Barreto foi à BTL e aproveitou para salientar a relevância do mercado nacional para o turismo da RAM

Líder do CDS avança com a “urgência” de melhorar quer q operação da TAP, quer as condições de operacionalidade do aeroporto da Madeira
O dirigente do CDS, Rui Barreto, visitou ontem a BTL, recordando a necessidade de trabalhar para aumentar a quota de visitantes nacionais na Madeira.
“Os madeirenses têm vontade de conhecer o território nacional. É legítimo que os continentais queiram também conhecer, pelo menos uma vez na vida, as regiões autónomas. Para isso é, no entanto, necessário garantir que as ligações aéreas sejam eficazes e que a ligação marítima por ferry se estenda durante todo o ano”, declarou Rui Barreto.
“Continuar a pressionar a TAP para melhorar a qualidade do serviço que presta, com preços decentes e não com valores exorbitantes, sem esquecer a necessidade de fomentar mais ligações  do continente ao Porto Santo; aumentar as condições de operacionalidade do aeroporto da Madeira, aumentar as acções de promoção no continente português” é, para o líder do CDS, fundamental.
Barreto considerou o stand da Madeira na Bolsa de Turismo de Lisboa “atractivo, mostrando a Região como ela é, mostrando as potencialidades do destino, do desporto de aventura à natureza, passando pelo mar, pelas levadas, pelo património. Este stand não pode, no entanto, ser uma espécie de acção isolada”.