São Roque dá inicio às comemorações do 440º aniversário

Foto DR.

A comemoração dos 440 anos da fundação da freguesia de São Roque começou esta manhã de domingo, no adro da Igreja Matriz, com a cerimónia do hastear das bandeiras ao som dos hinos da Região e do País.

Seguiu-se a realização de uma missa comemorativa do aniversário da freguesia, onde estiveram presentes residentes, entidades e associações.

O programa do 440º aniversário “vai estender-se ao longo de todo o ano” com “novas iniciativas” como é o caso da Feira de Gastronomia que se realiza no dia 19 de maio e contará com três chefes de renome a nível regional, nacional e internacional, adiantou Pedro Gomes, presidente da Junta de Freguesia de São Roque.

“Paralelamente vamos dar continuidade, ao longo do ano, aos nossos eventos sempre alusivos à comemoração dos 440 anos da fundação da Freguesia”, referiu, enumerando com o Concurso de Arranjos Florais e o Muro da Alegria [28 de Abril], ou com a Festa da Alegria, ou as Noites de São Roque que acontecem no verão.

Também serão realizados torneios desportivos com clubes da freguesia. “O Azinhaga vai organizar um torneio comemorativo dos 440 anos e o Clube Desportivo de São Roque um torneio de hóquei em patins”, referiu.

O objectivo, explicou Pedro Gomes, é colocar São Roque no mapa da Cidade, trazer mais pessoas à freguesia e, assim, acrescentar mais valor à economia local, “sempre pensando nas famílias e no pequeno comércio”.

Mas não basta divulgar o nome da freguesia, disse o autarca social democrata, sublinhando que é essencial melhorar as condições de vida da população de São Roque, nos âmbitos turístico, cultural e social.

“Neste momento estamos a fazer a recuperação de um conjunto de becos e de veredas e vamos continuar a fazê-lo ao longo do nosso mandato, para melhorar as acessibilidades para as pessoas da freguesia”, referiu Pedro Gomes.

O Centro de Dia, destinado à população mais idosa residente em São Roque também estará disponível brevemente. “Estamos a prepara tudo, em articulação com o Governo Regional, através da SRIAS, para que em breve o Centro de Dia esteja disponível. Será mais uma serviço que a população poderá usufruir”, destacou.

Em termos culturais, a Junta de Freguesia vai dar início à recuperação dos fontenários. “No próximo mês vamos começar a recuperar o primeiro fontenário da freguesia”, anunciou, lembrando que os fontenários fazem parte da história de São Roque. “Queremos recuperar um pouco da história da freguesia, que também está ligada às pessoas, quando há muitos anos iam aos fontenários buscar água”, potenciando o seu valor turístico.