Novo regime de apoio ao voluntariado em debate no Parlamento

O Governo apresenta, na Assembleia, um novo regime de apoio ao voluntariado.

O novo regime de apoio ao voluntariado, uma proposta do Governo Regional, será discutido amanhã na Assembleia Legislativa. Esta informação foi revelada pela deputada social democrata Josefina Carreira no âmbito de uma visita, hoje, ao Movimento de Voluntariado Hospitalar Presença Amiga.

A deputada considera que “este diploma vai permitir não só uma maior valorização dos mais 2.600 voluntários que existem na Região, porque vai reforçar o apoio técnico, a formação e também alguns benefícios de cariz simbólico, mas vai também incentivar mais pessoas a praticar o voluntariado.”

Além disso, vai também “possibilitar uma caracterização mais rigorosa do perfil do voluntário na Região, através de um cartão e de um registo que vai permitir uma ação mais concertada nesta área”. Vem ainda “concretizar mais um compromisso do Governo Regional e demonstrar que as políticas sociais continuam a ser a prioridade deste governo do PSD”.

Josefina Carreira considera que “este novo regime de voluntariado vai fazer com que mais pessoas adiram a este modo de ajudar” e também façam prevalecer estes  valores que referiu.

“O que vai fazer é precisamente incentivar mais o voluntariado com alguns benefícios novos que vem trazer”, referiu, salientando que este novo diploma traz algumas medidas novas, como um crédito de 8 horas para o presidente da associação ou outros dirigentes para que possam cumprir o seu papel no voluntariado e para organização e gestão de iniciativas, e outras que serão introduzidas na regulamentação, como a isenção de taxas moderadoras e o acesso livre a museus da tutela do Governo Regional.