Madeira e Açores podem cooperar na Cultura, defende diretora regional do Governo açoriano

PS Cultura
A Culrtura esteve em debate nos “Estados Gerais do PS-M”.

A diretora regional da Cultura dos Açores, Susana Goulart da Costa, oradora convidada no debate “Que Cultura queremos?”, no âmbito dos Estados Gerais do PS-M, abordou realidades diferentes da Madeira e dos Açores, mas considerou existirem “possibilidades de replicar modelos de eficiência do ponto de vista da gestão cultural, não só ao nível do Fundo de Ação Cultural que está sob a tutela do Governo Regional dos Açores, mas também a nível de sinergias e de projetos nos quais considera importante que as duas regiões «cada vez mais se envolvam de forma presente e mútua».

A governante açoriana considerou que tal pode acontecer do ponto de vista de projetos culturais no âmbito da História, bem como na área do intercâmbio e de residências artísticas entre artistas da Madeira e dos Açores. «Penso que é muito importante fomentar cada vez mais este diálogo entre as ilhas, do ponto de vista de todas as artes, sejam as artes plásticas, as artes de palco, as artes musicais. Penso que é muito importante fazer este combate pela união a nível de projetos de índole cultural», explicou.

Já a coordenadora da área da Cultura dos Estados Gerais do PS-M destacou a importância deste debate, no sentido de conhecer as boas práticas e daí retirar ideias e contributos. «Se queremos pensar a Cultura para o futuro, devemos ouvir também aquilo que os outros têm a dizer sobre os exemplos, sobre as alternativas para fazer uma Cultura mais inteligente, mais sustentável, que tenha a capacidade de colocar em diálogo operadores, a identidade da própria Região e as empresas», adiantou Luísa Paolinelli.