“Nós, Cidadãos!” recomenda às companhias de navegação marítima mais atenção para com o Porto Santo

O partido “Nós, Cidadãos!” apresentou hoje, num comunicado de imprensa, uma proposta para mitigar a dupla insularidade no Porto Santo, no mês de Janeiro. Esta formação política recorda que no passado dia 1 de Novembro, aquando das comemorações dos 600 anos, em visita ao Porto Santo, o presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, voltou a prometer fazer umas “Férias Abertas” naquela ilha, para compreender melhor os problemas dos portossantenses – que lhe foram relatados – em particular a dupla insularidade que é ainda mais sentida com a ausência do ferry que faz a ligação à ilha da Madeira.

Face a esta promessa do mais alto magistrado da Nação, o “Nós, Cidadãos!” considera também oportuno que seja delineada uma nova estratégia para a mobilidade entre a Madeira e o Porto Santo, pois “os portossantenses não podem deixar de ser menos portugueses durante 30 dias no ano”.

Daí que o partido sugira às companhias de navegação marítima “Porto Santo Line” e “Naviera Armas” para que envidem todos os esforços no sentido de providenciarem um ferry todos os anos, no mês de Janeiro, sempre que o ferry “Lobo Marinho” vai para doca seca para a sua necessária manutenção.