Pedro Lamares declamará “Ode Marítima” de Álvaro de Campos no Teatro Municipal

 

De acordo com uma nota do Teatro Municipal Baltazar Dias, nos próximos dias 11 e 12 de Outubro, às 21h00, o actor e encenador Pedro Lamares subirá ao palco do Teatro Municipal Baltazar Dias para a leitura integral da “Ode Marítima” de Álvaro de Campos.

“Este é um dos mais desafiantes textos da poesia portuguesa. Uma viagem louca pelo imaginário colectivo das viagens veleiras, pelo abismo da alma, pela crueldade no delírio”, refere uma nota de imprensa. A criação e interpretação está a cargo de Pedro Lamares, que durante uma hora fará a leitura da Ode, despida de cenário e adereços.

Questionado sobre a receptividade deste espectáculo, o actor refere que “as reacções costumam ser de gratidão e impacto. É um texto absolutamente brutal, brilhante, mas muito difícil de ler em casa, para dentro. Não é fácil ler em silêncio páginas inteiras de onomatopeias. Tenho a convicção de se tratar de um texto para ser dito, gritado, cantado”, afirma”.

Pedro Lamares é uma cara bem conhecida do público português pela participação em diversas novelas da ficção nacional. Nasceu em 1979 e é actor, encenador e formador. Estudou teatro na Academia Contemporânea do Espectáculo. Para além da televisão, tem um amplo currículo também no teatro e no cinema. Dirige espectáculos de teatro, música e poesia. Faz direcção de actores em cinema e em teatro. Criou projectos que se mantém em itinerância como ‘O Fraseador’, ‘A Poesia é uma Arma Carregada de Futuro’, ‘Entre Nós e as Palavras’, ‘Ode Marítima’ (de Álvaro de Campos), ‘Jacarandá’ (com a harpista Ana Isabel Dias) e Coincidência’ (com o pianista Álvaro Teixeira Lopes). É professor em escolas de teatro e formador na área da comunicação.

Os ingressos para a “Ode Marítima” custam 5 euros. Este espectáculo é uma produção da Câmara Municipal do Funchal com a Casca de Noz. Tem criação e interpretação de Pedro Lamares, desenho de luz e direcção técnica de Joaquim Madaíl, produção de Maria Miguel Coelho. Um projecto Casca de Noz com parceria da Herdade da Malhadinha Nova.