CDU critica estado do antigo centro de saúde de Câmara de Lobos

A CDU levou hoje a efeito uma iniciativa política relacionada com o abandono do património público em Câmara de Lobos. Na apresentação das conclusões da acção política, o dirigente Alexandre Fernandes referiu-se ao antigo edifício do Centro de Saúde, dizendo que o mesmo serviu a população de Câmara de Lobos durante algumas dezenas de anos, e alguns milhares de câmara-lobenses têm orgulho em afirmar que foi aqui que nasceram.

“Contudo, e fruto da evolução natural, houve a necessidade de deslocar o Centro de Saúde para um edifício que oferece outro tipo de garantias e capacidade de resposta para as necessidades dos utentes. Este prédio foi desactivado ao serviço em Março de 2017, sem que até à data sejam conhecidas quaisquer intenções por parte do Governo Regional sobre a utilidade que pretende dar a este importante espaço”, salientou.

“Como consequência deste desleixo, são bem visíveis as marcas do abandono deste valioso património público. A degradação é notória, bem como os actos de vandalismo na estrutura do edifício são mais frequentes”, apontou, questionando se é este o presente que o Governo Regional quer dar a Câmara de Lobos, pela passagem de mais um aniversário da criação do concelho que se comemorou há poucos dias.

“Esta é uma zona nobre da cidade, por aqui passam diariamente centenas de turistas. Com toda a certeza que não é esta a imagem mais adequada para a nossa região”, reclamou.