Câmara aponta “Fernão Ornelas” mais segura e confortável, aberta para as festas de Natal e com imagem final em 2019

Fernão Ornelas imagem final B
O projeto final da Rua Dr. Fernão de Ornelas dará esta imagem. Foto DR.

 

Fernão Ornelas imagem final
A Câmara do Funchal aponta para uma “maior circulação pedonal, tornar o espaço público mais seguro e confortável e valorizar o património”.

As obras na Rua Dr. Fernão Ornelas já permitem observar alguns contornos realtivamente ao que irá ser uma primeira fase do projeto que abrange toda a artéria e que visa o encerramento da rua ao trânsito automóvel, mas apenas em 2019. Para já, decorrem os trabalhos enquadrados no projeto global arquitetónico de requalificação do arruamento, bem como na substituição das redes de saneamento básico, traduzindo um investimento da Autarquia, na ordem dos 313 mil euros.

A primeira fase, correspondente à substituição das redes de saneamento básico e repavimentação do primeiro troço, compreendido entre a Rua Visconde do Anadia e a Rua do Ribeirinho de Baixo, deverá estar concluída no próximo mês de novembro, sendo que o projeto é interrompido no mês de dezembro, mês do Natal, visando precisamente não causar transtornos com as obras num período de cartaz turístico, de grande mobilização de residentes e visitantes e numa zona tradicional de festa, com a noite do Mercado, a 23 de dezembro, a constituir um ponto alto do programa de festas do final de ano na cidade do Funchal, mas que tem impacto regional.

Fernao Ornelas obras
As obras da primeira fase começam a tomar forma.
Fernao Ornelas 2obras
A primeira fase estará concluída em novembro. Em dezembro não há obras.

O Executivo Municipal entendeu que “a melhor forma de concretizar a remodelação urbanística em causa era fazer a obra por fases, garantindo que no próximo Natal a rua estará em perfeitas condições para a realização das atividades que ali normalmente têm lugar”. Por isso, o trânsito, em desembro, irá circular com normalidade. A segunda fase só arranca em janeiro de 2019.

A Câmara do Funchal, de acordo com informações ao Funchal Notícias, recorda que “a valorização da Rua Dr. Fernão de Ornelas, que é o principal eixo comercial da cidade, é absolutamente estratégica para a economia local e para o turismo do concelho”, apontando “a melhoria da mobilidade urbana, a adequação da via à maior circulação pedonal, tornar o espaço público mais seguro e confortável, a valorização do património, e a melhoria dos equipamentos são objetivos a que o projeto de requalificação se propõe” como “mais-valia evidente”.

As restantes fases da intervenção terão lugar a partir do início do próximo ano e, segundo a Autarquia, “asseguram que esta rua histórica terá uma nova imagem e melhores condições para o comércio, à semelhança do que já aconteceu ao longo dos anos, em várias outras ruas da cidade”.

O objetivo da Câmara, reforça a posição transmitida através do gabinete de comunicação, “é tornar o Funchal uma cidade cada vez mais acessível, com melhor qualidade de vidas para os residentes, mas também maior atratividade para os turistas, sendo a dinamização do comércio local uma das prioridades políticas do atual Executivo camarário, por via de soluções que melhorem o espaço público, que continuaremos a promover”.