Rui Barreto desafia Calado a arranjar a verba que prometeu aos produtores de banana

O dirigente do CDS, Rui Barreto, esteve hoje no Estreito da Calheta, acompanhado de autarcas locais, nomeadamente Martinho Câmara, vereador, Paulo Abreu, deputado municipal, Manuel Costa, presidente da Junta de Freguesia da Ponta do Pargo, e Dalila Sousa, autarca na freguesia do Estreito da Calheta.
Barreto afirmou, na oportunidade, que o CDS vai apresentar na Assembleia Legislativa um Decreto Legislativo Regional sobre o Estatuto da Agricultura Familiar. A ideia é “valorizar o nosso território, a produção local e melhorar os circuitos de comercialização”.
Realçou, a propósito, que este Estatuto criará um regime de contratação pública para priorizar e valorizar o fornecimento de produtos regionais a escolas, hospitais e Instituições Particulares de Solidariedade Social, promovendo os bons produtos regionais e possibilitando garantia de rendimento a muitas famílias.
Aproveitou ainda, para desafiar o vice-presidente do Governo Regional, Pedro Calado, “que foi célere a arranjar 15 milhões em serviços de consultoria para a negociação dos juros, para que arranje o dinheiro que prometeu aos produtores de banana na sequência do mau tempo de Março de 2018 que originou danos em várias explorações agrícolas”, refere uma nota de imprensa dos centristas.