Líder do CDS reage à posição do Governo Regional em relação às jaulas de aquacultura na Ponta do Sol

O CDS-PP considerou hoje que o secretário da Agricultura e Pescas esteve “mal assessorado” na questão do projecto de piscicultura previsto para os mares da Ponta do Sol. Esta convicção foi hoje expressa pelo líder do CDS, Rui Barreto, que pede ao governante que pondere seriamente a suspensão do investimento para a zona inicialmente prevista ou o transfira para outro local a estudar.
“A instalação das jaulas está muito próxima da linha de costa e não a cerca de 4 quilómetros como foi garantido pela Secretaria”, diz o dirigente centrista. “Dos elementos que dispomos, nós consideramos que o secretário regional deve recuar na intenção de avançar com o projecto, porque as informações que trouxe a público não correspondem com a realidade, devendo por isso equacionar outra localização.”
Rui Barreto lembra que foi a vereadora do CDS na Ponta do Sol, Sara Madalena, a primeira responsável política a levantar publicamente o problema da colocação das jaulas “muito próximo da costa e em frente à praia da Madalena”. O líder partido elogia a capacidade de mobilização das pessoas que se concentraram no cais e vila da Ponta do Sol para protestarem contra a localização do projecto, enaltecendo a “responsabilidade e cidadania”.