Albuquerque garante “ferry” e pede que haja procura por parte dos madeirenses

Albuquerque pequenoAlmocoSaudavelON
Miguel Albuquerque, no âmbito da iniciativa “A RBES vai á Quinta Vigia”, garantiu que os madeirenses terão “ferry”.

No âmbito do programa de alimentação saudável, nas escolas, abrangendo cerca de seis mil alunos, o presidente do Governo participou hoje no projeto “A RBES vai à Quinta Vigia”, que reúne alunos e professores dos estabelecimentos de ensino dos 2.º e 3.º ciclos e secundário, que integram o projeto Rede de Bufetes Escolares Saudáveis, num total de cerca de 100 participantes.

Foi no contexto desta iniciativa que Miguel Albuquerque garantiu que haverá mesmo “ferry” neste verão na Madeira, considerando que “o Governo vai cumprir a sua promessa e há uns indivíduos que não estão satisfeitos porque o governo vai cumprir a sua promessa. Esta é a terceita tentativa e vamos cumprir o que está no programa de governo”.

Referindo que o Estado é que deveria assumir esses custos, o presidente do Governo disse que, apesar disso, a Região vai suportar esses custos, sublinhando ser “escandaloso que o Estado, como o português, que passa a vida a falar na estratégia para o mar e nem a vontade política de assegurar a ligação com os arquipélagos”.

Miguel Albuquerque diz que a ligação do Continente e as ilhas “é importante”, não sendo apenas “um problema económico”, mas sim “estratégico”, fazendo votos para que os níveis de utilização do “ferry” sejam elevados por forma a corresponder às pretensões reivindicadas pelos madeirenses.