Nacional prepara receção ao Leixões a caminho da I Liga

costinha
Costinha está a preparar o Nacional para o regresso à I Liga. O penúltimo jogo é sábado, na Choupana, contra o Leixões.

O Nacional está a um passo de garantir a subida à I Liga, ocupando o primeiro lugar da II Liga com 64 pontos, mais quatro do que os seus mais diretos adversários, o Santa Clara e a Académica, esta última com uma aproximação inesperada em função do acerto de calendário e de duas vitórias nos últimos dois jogos, enquadrando-se assim como candidata depois de alguns momentos atribulados ao longo da época. Os “estudantes” ganharam ontem o Porto B e igualaram o Santa Clara.

Quanto ao Nacional, que vem de dois empates consecutivos, recebe o Leixões, no sábado pelas 11.15 horas na Choupana, sendo que uma vitória constitui um passo gigante para a conquista do objetivo. Depois da sessão de treino de ontem, o plano de trabalho de hoje previa a realização de um treino no relvado da DRJD, na Camacha, mas a equipa técnica optou por transferi-lo para o Estádio da Madeira.

Nesta antepenúltima jornada, o Nacional recebe o Leixões, o Santa Clara desloca-se ao terreno do Oliveirense e a Académica vai à Covilhã. Outro dos candidatos, o Arouca, recebe a visita do Penafiel.
Em matéria de outras notícias do clube, dadas a conhecer através do gabinete de comunicação dos nacionalistas, temos que “a equipa de Veteranos do CD Nacional conquistou esta quarta feira, pela segunda vez na sua história, a Taça da Madeira ao bater na final disputada no Cristiano Ronaldo Campus Futebol, a formação do Alberto Oculista por 3-1.

Nacional veteranos
A equipa de veteranos do Nacional conquistou a Taça da Madeira.

Numa primeira parte de intenso domínio alvi-negro, foi preciso esperar pelo minuto 33 para que surgisse o primeiro golo, apontado por Elvis, de canto direto.

Na segunda parte, reentrada fulgurante do Nacional, que no espaço de 3 minutos sentenciou o jogo, graças aos golos de Rui Pereira e Jackson (38 e 40 minutos).
O Alberto Oculista reduziu logo depois, através de Malho, mas o Nacional geriu bem a vantagem e esteve sempre mais perto do 4-1 do que o seu adversário do 3-2.
No final, festa da formação alvi-negra, que concentra agora as atenções no Campeonato, onde segue na liderança e tem como objetivo a conquista do título e a ‘dobradinha’.