130 anos do Teatro celebrados com muito público 

O Teatro Municipal Baltazar Dias comemorou no passado dia 11 de Março o seu 130º aniversário, repleto de histórias e momentos memoráveis.

Ao longo de 11 dias, o Teatro Municipal recebeu a visita de cerca de 3 mil espectadores, uma prova de que os madeirenses quiseram fazer parte deste momento tão especial para a mais emblemática casa de espetáculos da região. O público aderiu em força e encheu em diversas sessões a plateia do Baltazar Dias, sendo que a lotação da sala chegou mesmo a esgotar em cinco espetáculos.

As celebrações para assinalarem a efeméride decorreram de 1 a 11 de Março e incidiram numa mostra das diferentes áreas da programação que o Teatro costuma acolher durante as temporadas artísticas. Recebendo assim as Conferências do Teatro – Madeira de A a Z, a performance de Bruno Humberto “A Morte da Audiência”, o Concerto Comemorativo dos 130 anos pela Orquestra Clássica da Madeira, com uma obra em estreia mundial escrita pelo compositor madeirense Pedro Macedo Camacho, o concerto da cantora Márcia, a exibição do documentário “Palco dos Afetos” realizado por Cristiana Vieira e Duarte Nuno, o concerto “Essentials Romantics” pela Orquestra Imperatriz Sissy e o espetáculo musical “O Ano da Morte de Ricardo Reis”, produzido pela CMF e a DSEAM. No que toca ao público de palmo e meio, a Companhia B-ábá da Música apresentou o Concerto para Crianças e Bebés “Pelo Mundo dos Sons” e a contadora de histórias Leda Pestana ministrou uma sessão de contos e oficina de escrita criativa.