CMF apela para que a população evite as montanhas e a orla costeira

Segundo uma informação da Câmara Municipal do Funchal, o edil Paulo Cafôfo visitou na tarde de hoje os complexos balneares municipais, acompanhando a resposta camarária no terreno, um pouco por todo o concelho, ao lado do vice-presidente Miguel Silva Gouveia, e da vereadora Idalina Perestrelo.

Ao fim da tarde de hoje, mantêm-se encerradas ou condicionadas ao trânsito sete estradas no Município, bem como continuam a registar-se fortes condicionamentos na zona costeira entre os Socorridos e a Ponta Gorda, com a PSP a assumir o controlo do acesso à zona encerrada na Praia Formosa.

Nas zonas altas de Santo António, enquanto acompanhava a limpeza e desobstrução de uma estrada, Paulo Cafôfo indicou que, até às 18 horas desta quinta-feira, “as duas corporações de Bombeiros do Funchal responderam a 40 ocorrências relacionadas com o estado do tempo, essencialmente, queda de árvores, queda de estruturas e pequenas inundações, que estão nesta fase quase todas resolvidas.”

Mais complicados são os danos nos complexos balneares do Município, na Praia Formosa e no passeio público marítimo, que incluem múltiplas estruturas e equipamentos, entre solários, balneários e ginásios, entre outros.

O presidente destacou, contudo, “o trabalho notável que continua a ser feito pelos serviços municipais e por todas as entidades competentes no terreno. Já estivemos nas zonas altas do Funchal e já estivemos junto à costa e, mais do que contabilizar os danos existentes, a certeza que fica é que, do mar à serra, continuámos mobilizados em garantir a segurança de toda a população.”

Paulo Cafôfo renovou, porém, o apelo a todos para que “continuem a confiar no nosso trabalho, respeitando os avisos e as recomendações que ainda estão, nesta fase, a ser emitidas. Só podemos ser bem-sucedidos com o esforço e o compromisso de todos, sem excepção, e podem ter a certeza de que, deste lado, estamos a fazer a nossa parte.”

A autarquia continua a recomendar à população que evite, ao longo desta noite e madrugada, as zonas montanhosas e, em especial, a orla costeira.