Programa dos 600 anos da Descoberta apresentado a 20 de março no Porto Santo, comemorações centradas na ilha

Porto Santo-Assembleia Municipal
A Assembleia Municipal do Porto Santo abordou as comemorações dos 600 anos da Descoberta.

O Porto Santo será o foco central do início das comemorações dos 600 anos da Descoberta, depois de alguma polémica provocada em consequência de dúvidas surgidas sobre se o programa comemorativo iria ou não ter início na ilha dourada. A verdade é que na reunião da Assembleia Municipal, o presidente da Câmara apontou o dia 20 de março para a apresentação do programa, sugerindo que os interessados em propor atividades contactem a Câmara Municipal.

Idalino Vasconcelos deu conta que o município “está a preparar as suas atividades de comemoração em articulação com o Governo Regional, por forma a não duplicar, nem replicar ações. Por isso o programa será apresentado no Porto Santo e centrado no Porto Santo, com a presença do Governo Regional”.

Em matéria de decisões deste orgão, uma nota da bancada social democrata dá conta que “a aprovação das alterações ao Regimento da Assembleia Municipal do Porto Santo acabou por ser retirada da ordem de trabalhos perante a contestação às mesmas”. Recuando no tempo, lembra que “a Mesa da Assembleia propôs a constituição de um grupo de trabalho, devendo o líder de cada força política apresentar as propostas de alteração do respectivo grupo para, em conjunto com a Mesa da Assembleia, tentarem chegar a consenso e, apenas as propostas discordantes serem levadas a reunião de Assembleia para votação. Marcada reunião para dia 19 de fevereiro, o Grupo Municipal do PSD fez-se representar pelo seu líder, Nuno Freitas, que entregou as suas propostas e debateu as mesmas com os elementos da Mesa da Assembleia, o Movimento Mais Porto Santo apresentou a sua única proposta no expediente da Assembleia Municipal, tendo apresentado justificação para não comparecer à mesma, e o PS limitou-se a enviar mail a sugerir apenas autorização de gravações das sessões, sem apresentar enunciado, nem as condições em que tal se poderia proceder, referindo que no dia seguinte, dia 20, apresentaria novas propostas”.

A mesma nota refere que “não tendo a líder do PS comparecido na reunião do dia 19, foi marcada mais uma reunião para dia 20, da Mesa, para ter em conta as propostas de todas as forças representativas na Assembleia Municipal, incluindo e aguardando o contributo do PS. Que se pautou novamente pela ausência das propostas de alteração prometidas pela líder do PS Porto Santo, que chegaram apenas no dia 21 de fevereiro via eletrónica”.

O Grupo Municipal do PSD, numa declaração, “repudia as sucessivas atitudes de critica pela critica, à Câmara Municipal do Porto Santo e à Assembleia Municipal do Porto Santo, por aqueles que se escusam a dar um contributo construtivo para a resolução dos seus atuais problemas e no delinear do seu futuro”.

O Grupo Municipal do PSD está disponível para trabalhar com a Mesa ou qualquer grupo de trabalho que a Mesa ou Assembleia Municipal venha a constituir, “pois não pode se ausentar ou alienar de contribuir com propostas ou opiniões sobre o que quer para o Porto Santo e seus destinos. Gostaríamos que houvesse de futuro a mesma abertura por parte das outras forças politicas que estão representadas nesta Casa que se quer de participação e de Cidadania”.

Relativamente a outras decisões, aprovadas por unanimidade, de referir que a Mesa da Assembleia propôs um voto de louvor ao jovem atleta Eduardo Neves do Sporting Club do Porto Santo que se sagrou campeão pela Seleção da Madeira no Torneio Interassociação Futsal Masculino Sub-18, disputado em Braga, no passado mês de dezembro.

Por sua vez, o grupo municipal do PSD propôs um voto de louvor aos funcionários da Câmara Municipal do Porto Santo que colaboraram nas muito elogiadas decorações natalícias do município e outro aos mais de 40 voluntários que contribuíram de várias formas para a concretização da iniciativa de cariz solidário “A Sopa da Esperança”.

Tendo em conta os benefícios que poderá trazer à ilha ao nível do desenvolvimento económico-social e atractividade turística, o grupo municipal do PSD propôs ainda um voto de congratulação à candidatura de Porto Santo a Reserva da Biosfera.