CDU continua a denunciar casos por resolver pós-20 de Fevereiro de 2010

A CDU visitou hoje a freguesia do Imaculado Coração de Maria, na prossecução da sua insistência em apontar o dedo ao “muito que ainda falta fazer”, oito anos passados sob a aluvião de 20 de Fevereiro de 2010. Desta feita, nesta localidade, “como em tantas outras esquecidas pelo Governo Regional e pela Câmara Municipal do Funchal”.

Herlanda Amado frisou que passados oito anos da catástrofe que atingiu a Região, “muito ainda está por fazer. Muitos foram os milhões de euros, destinados à reconstrução, mas o dinheiro não chegou aos seus legítimos destinatários. Passados oito anos da aluvião existem muitos sítios atingidos pela destruição, que ainda não tiveram direito a qualquer projecto, nenhum financiamento da Lei de Meios e nenhuma protecção chegou às populações. Como a CDU tem vindo a denunciar, no concelho do Funchal ainda muito se encontra por fazer e uma dessas situações acontece aqui no Ribeiro Chega, freguesia do Imaculado Coração de Maria”.

Segundo a CDU, o estrangulamento e desvio das linhas de água e a falta de limpeza dos ribeiros, foram alguns dos problemas identificados à data, “mas o que é certo é que quem aqui reside, não se sente seguro e ao longo de outros ribeiros e linhas de água, a situação agravou-se pela falta de intervenção que era exigida e necessária”.

Para a CDU, é importante e urgente que se concretize o esforço de reconstrução nas localidades verdadeiramente atingidas.

“É obrigação do Governo Regional e das Câmaras Municipais, garantirem todos os meios necessários para restabelecer a normalidade e garantir o bem-estar e a qualidade de vida das populações afectadas”, sublinha esta força política.