Assembleia Municipal de Machico vai fazer debate público sobre a data comemorativa do Dia do Concelho

O município de Machico vai pôr à discussão pública a data comemorativa do Dia do Concelho. Isto porque, conforme refere o presidente da Assembleia Municipal de Machico, em comunicado divulgado na comunicação social, “têm surgido, na opinião pública, vozes discordantes da associação do feriado municipal à festa religiosa do “Senhor dos Milagres”, a 9 de Outubro”.

O presidente, João Bosco de Castro, salienta que Machico é “terra primeira”, onde chegaram os navegadores portugueses e foi instituída a primeira Capitania da Madeira, à beira de comemorar 600 anos. Ora, existe uma necessidade de “nos aproximarmos da verdade histórica no que respeita às raízes da fundação do nosso município”.

Portanto, e considerando que os acontecimentos que deram origem à veneração do Senhor dos Milagres se situam em 1803, a necessidade de reflectir sobre essa “tradição”, e saber do sentir da população, relativamente à sua comemoração conjunta; e considerando que compete à Assembleia Municipal a fixação do dia do feriado municipal, este órgão autárquico vai promover um debate público, no próximo dia 2 de Fevereiro, uma sexta-feira, às 19 horas, na sala de actividades da Junta de Freguesia de Machico.

O debate intitular-se-á “Data comemorativa do Dia do Concelho de Machico – manter ou alterar?”.

No debate participarão personagens que abordarão o enquadramento histórico destas comemorações. Nomeadamente, os historiadores Nelson Veríssimo e Emanuel Gaspar, e o arqueólogo Élvio Sousa.

A Assembleia Municipal convida a população a assistir e a participar.