Autor de despejo ilegal identificado pela Polícia Florestal

guarda florestal
A Polícia Florestal identificou o autor de despejo ilegal de material de construção.

Uma nota da secretaria regional do Ambiente e Recursos Naturais dá conta que que a Polícia Florestal identificou, hoje, o autor de um despejo ilegal de residuos de construção e demolição no sítio do Pico Alto,  freguesia e concelho de Santa Cruz.
Esta prática, lembra a mesma nota,  “é considerada uma contraordenação ambiental muito grave por infração ao regime de operações de gestão de resíduos resultantes de obras ou demolições de edifícios ou derrocadas”.
O expediente contraordenacional segue agora os seus trâmites processuais.