Maioria PSD rejeita propostas “levianas” da oposição para baixar o IRS

Fotos Rui Marote.

As propostas de alteração ao Orçamento da Região para 2018 foram hoje votadas na Assembleia Regional.

A maioria PSD rejeitou as propostas de vários partidos da oposição para reduzir o IRS.

Jaime Filipe Ramos justificou o chumbo por as propostas da oposição serem “levianas”.

Por seu turno, Rui Barreto, do CDS não se reviu na acusação de leviandade até porque as propostas do CDS, nesta matéria, eram “moderadas”.

Já Carlos Pereira, do PS desmistificou a falácia de que a República deve impostos à Madeira, por exemplo da taxa extraordinária do IRS, quando o Tribunal Constitucional já disse que essa taxa é devida à República e não à Região.

Ao final da manhã falará o presidente do governo regional, Miguel Albuquerque, procedendo-se à votação final do orçamento e plano para 2018.