Clube Naval do Funchal aproveitou Gala de Natal para homenagear sócios e atletas

Fotos CNF.

O Clube Naval do Funchal levou a efeito ontem, dia 15 de dezembro, uma Gala de Natal que teve lugar na Sala Embaixador do Hotel Bungavília e que também assinalou o encerramento do ano de festividades do 65.º aniversário do clube.

Por essa razão, foram homenageadas várias pessoas ligadas à atividade e história do clube sendo atribuídos prémios com base em diversas categorias.

Assim sendo, o Prémio António Aragão, um dos mais emotivos da noite, assinalou os sócios que estão filiados no clube desde a sua fundação.

Este prémio, foi entregue aos sócios, Sidónio de Gouveia, Dalila da Conceição Henriques, Vasco Catanho José e Vitor Moreira de Caires.

O Prémio Guilherme Escórcio foi entregue aos funcionários que se encontram no clube há pelo menos 25 anos, sendo eles, Manuel Adelino, Miguel Freitas, Fátima Melim, Anabela Silva e Joaquim Fernandes.

Também os colaboradores que fizeram crescer as modalidades do CNF, foram homenageados com o prémio Francisco José, entre eles, César Nicola, treinador de judo no Naval há 13 anos, Fernando Araújo na modalidade de natação, Óscar Camacho, nas atividades subaquáticas, Rui Fontes, primeiro diretor da modalidade de pesca desportiva e ainda Pedro Correia na Vela Adaptada desde 2006.

Como habitual no final do ano, foram atribuídos os prémios Naval do Ano, aos atletas que não só tiveram um bom desempenho desportivo mas também um bom desempenho a nível social e escolar.

Assim sendo na Canoagem foram destacados os atletas Carlota Duarte e Luís Garcias. No Judo, foi Rui Costa a  merecer a homenagem e no Karaté, Lisa Camacho e João Castro.

Na Natação, Marta Ferreira foi a atleta em destaque assim como Martim Cunha e Silva. Na Pesca foi Oliver Gabriel que levou o prémio para cada enquanto que no Stand Up Paddle foi Constança Câmara que mereceo destaque do ano.

Tomás Lacerda, foi destacado com dois prémios, acumulando o Stand Up Paddle e o Surf. Na Vela foi Tiago Sousa o Naval do Ano.

Porque este foi um ano de especiais comemorações e eventos, foram também destacadas as pessoas que contribuíram para prestigiar esta efeméride com o prémio Américo Durão, nomeadamente, André Cunha, pela organização do Torneio Internacional Cidade do Funchal, Humberto Fernandes, pelo Madeira Ocean Race, Igor Aguiar e Tânia Monteiro, pelo Madeira Cross Games e ainda Ricardo Rodrigues pelo Madeira Sup Challenge.

A representar o CIIMAR Madeira, Pedro Neves recebeu o prémio assim como Mafalda Freitas pela Estação de Biologia Marinha, ambos pelo contributo na organização da III Conferência Europeia de Mergulho que teve lugar na sede social do CNF.

Cristina Freitas pelo atividade da Hora do Conto, Alexandra Melim pela decoração da sede social, Fernando Lemos Gomes pela exposição “Emoção e Lazer”, Ivan Abreu pelo Madeira Island Internatioanal Swim Marathon, Rui Trindade, em representação da Universidade da Madeira pelo Congresso Internacional – O Desporto e o Mar e Rui São Marcos, pelo contributo na gestão probono na Marina do Funchal foram também premiados com o troféu Américo Durão, em agradecimento pelo contributo dado a cada uma das atividades.

Foi em clima de festa que o resto desta celebração aconteceu pela noite dentro, contando com cerca de 160 pessoas entre sócios, atletas, funcionários, colaboradores e dirigentes, numa gala onde Mafalda Freitas foi surpreendida com uma homenagem por parte dos funcionários e colaboradores, por toda a dedicação e empenho ao Clube Naval do Funchal durante os últimos 8 anos de mandato enquanto Presidente de Direção.

Atletas Olímpicos Homenageados

Antes da gala, ao final da tarde foi descerrado o painel de homenagem aos atletas olímpicos do CNF na Casa Mãe da Sede Social, à Quinta Calaça, nomeadamente, Michel Almeida no Judo, Paulo Camacho na Natação e Helena Rodrigues e David Fernandes na Canoagem.

A cerimónia contou com a presença dos atletas e dos dirigentes do CNF e assinalou mais uma atividade de comemoração do 65.º aniversário do clube.

Declarações:

Helena Rodrigues: “É um grande orgulho, ver o meu esforço relevado naquela painel e uma honra pertencer a este clube desde 1994. Um clube que me formou e me viu crescer até ao auge da minha carreira e que sempre me apoiou”.

David Fernandes: “É sempre bom ser homenageado juntamente com os outros três atletas. É pena não haver mais mas esperemos que nos próximos anos este painel possa ser acrescentado com mais atletas olímpicos”.

Paulo Camacho: “É reconfortante para o Ego, ver o trabalho de uma fase da nossa vida ser lembrado. É sempre uma honra ainda por cima num clube que me fez crescer e me acompanhou a tanto lado.”