JPP quer mochilas escolares menos pesadas

O Juntos pelo Povo (JPP) veio hoje apelar ao Governo Regional para que se junte à discussão que já acontece na Assembleia da República, relativamente à diminuição do peso nas mochilas escolares, sendo esta, cima de tudo, uma medida de prevenção e de saúde para as crianças e jovens.

A petição pública, com mais de 50 mil assinaturas permitiu a “apresentação de um projecto de resolução conjunto, com o apoio de todos os partidos na Assembleia da República, recomendando ao Governo um conjunto de medidas exactamente neste sentido” referiu a deputada Patrícia Spínola.

“A Região Autónoma deverá, pese embora o regime autonómico próprio, juntar-se a esta discussão, sem o esconder” sendo este o propósito do grupo parlamentar do JPP ao apresentar “este projeto de resolução que contém várias medidas para a diminuição do peso das mochilas escolares, nomeadamente, a reorganização dos cacifos escolares entre as várias escolas da Região, a sensibilização das escolas para a utilização de manuais escolares mais leves ou divididos em fascículos, a sensibilização dos professores para a utilização de tecnologias, bem como o incentivo para a compra de equipamentos como os tablets, uma melhor gestão de salas que permita a menor deslocação dos alunos, entre outras”.

Estas medidas seguem uma “recomendação acima de tudo, clínica, pois nenhuma criança deverá levar na mochila mais do que 10% do seu peso”, além da forma como esta deverá estar distribuída e, nesse sentido, esta é uma sensibilização para os professores, para os próprios pais e para os próprios alunos e que esperamos que mereça a concordância de todos os partidos, aqui na Assembleia Legislativa da Madeira, à semelhança da República”, afirmou Patrícia Spínola.