PDR preocupado com falta de transporte para doentes e para idosos com pouca mobilidade no Caniço

PDR CANIÇO
A candidatura do PDR esteve em ação de campanha no Caniço.

LOGO ELEIÇÕES AUTÁRQUICAS 2017

Entre queixas sobre a atuação da Câmara de Santa Cruz e do Governo Regional, o candidato do PDR à liderança do município santacruzense ouviu e mostrou-se “chocado” com os problemas da população, particularmente a “falta de um transporte de doentes de e para o centro de saúde de idosos com pouca mobilidade. Este é um problema que é transversal ao concelho, diz Ruben Visinho “com zonas muito afastadas dos centros de saúde e onde os idosos vivem isolados, este é um problema que a autarquia tem de resolver ou com recursos próprios ou então em diálogo com o GR”.

Um outro problema que muitos populares abordaram com a candidatura de Ruben Visinho, foi as condições na agricultura. Sobre este sector o candidato do PDR adianta que as grandes superfícies comerciais não respeitam os agricultores”, referindo que alguns deles dizem que as grandes superficies “querem que os produtores de cebola e de outros produtos agrícolas vendam barato, o que lhes custa a trabalhar”. Alguns agricultores sugeriram, segundo o candidato do PDR, a criação de “um mercado agrícola que não precisava ser muito grande, para os próprios produtores venderem os seus produtos, não só ao fim de semana, mas durante todo o ano, tirando eles próprios maior e melhor rendimento do seu trabalho”.

Ruben Visinho, ouviu a crítica de um outro agricultor, desta feita dirigida ao GR. O candidato do PDR acusou o Governo Regional e o seu presidente de ter prometido apoio “aos agricultores e melhores condições em adquirir os produtos químicos e agora não querem saber, empurram os agricultores de um lado para o outro. Querem que os agricultores produzam mais, mas depois ninguém quer comprar”.

O candidato do PDR foi também nesta ação de campanha no Caniço, confrontado com a situação da falta de limpeza das bermas das estradas municipais depois de alcatroadas, o mesmo se passando com a estrada regional, esta em estado deplorável e com mato nas bermas.

A terminar o dia de campanha, a candidatura do PDR à autarquia de Santa Cruz, foi surpreendida por uma “confissão” de uma cidadã que lançou: “Sabem que a nossa câmara municipal pagava mensalmente ao sr Paulo Nóbrega proprietário do terreno a quantia de 25 mil euros pelo aluguer do cemitério?”. Apanhado de surpresa Ruben Visinho e a candidatura do PDR questionam o presidente do município “ se isto é verdade? Porque não aparece nas contas? diga ao povo!”.