João Gabriel quer criar gabinete de apoio ao agricultor em Santana

O candidato do PSD à Câmara Municipal de Santana, João Gabriel, apresentou ontem na Achada do Marques, na freguesia da Ilha, as principais propostas para a área da agricultura.

A primeira medida, anunciou, será a criação de um gabinete de apoio ao agricultor, que será “o intermediário mais próximo dos agricultores, de forma a que as suas motivações, as suas expectativas e as suas necessidades sejam respondidas de uma forma objectiva e real e em tempo útil”. Por exemplo, no que se refere ao aproveitamento dos recursos financeiros disponibilizados pelo Governo Regional e de fundos comunitários e também pela sua actividade na área agrícola. “Temos forçosamente de rentabilizar esses apoios comunitários para realizar algumas infraestruturas de apoio para os agricultores, tais como reservatórios de água, porque no pico do Verão verificamos muita falta de água nas várias freguesias do concelho de Santana e também nalgumas acessibilidades,  como os caminhos agrícolas”, disse.

O candidato salientou, que é preciso fazer um levantamento de modo a que se possa responder de uma forma proactiva das necessidades ao nível das acessibilidades às propriedades agrícolas, refere um comunicado.

Outra medida será a revitalização da feira agrícola e reflectir sobre a possibilidade de expandir esta iniciativa a todas as freguesias de Santana.

João Gabriel pretende também melhorar o escoamento dos produtos, através de um projecto já desenvolvido pelo executivo anterior do PSD e que continuou na vereação actual, denominado ‘Madeira Agrícola’ que já escoou mais de 200 toneladas de produtos agrícolas de todo o concelho.

“Só assim é que poderemos, em cooperação institucional e estratégica com o Governo Regional, com as várias instituições e algumas unidades hoteleiras e de restauração, ser mais objectivos e mais significativos naquilo que é a intervenção da governação autárquica por parte deste projecto”, declarou.