PSD revela que apoios aos alunos de Machico chegam apenas a sete quando podiam beneficiar 70

Foto DR

O candidato do PSD à Câmara Municipal de Machico lamentou que o município não esteja a cumprir a recomendação, aprovada por unanimidade em agosto de 2016, por sugestão dos autarcas social-democratas, para a atribuição, já no ano letivo seguinte, de manuais escolares a todos os alunos do 1ºciclo, do 1º ao 4º ano.

“Passou-se o ano letivo 2016/2017, está-se a iniciar agora um novo ano letivo”, lembrou Ricardo Sousa, salientando que a Câmara nem vai implementar esta medida. O que está previsto, afirmou, é a atribuição de manuais somente a alunos do 1º e do 2º ano, “esquecendo-se dos outros alunos”.

Além disso, adiantou o candidato, a Câmara aprovou também um regulamento de apoio social. Contudo, “em vez de vir ajudar a população e as famílias, é contra as famílias”. “É uma catrafada de burocracia que inibe a própria família de vir fazer a sua candidatura”.

O resultado, é que em vez dos 70 alunos que poderiam vir a ser apoiados, apenas sete foram beneficiados. Ou seja, 10% do universo total.”Não podemos deixar de lamentar esta atitude para um partido que se diz estar com as pessoas, mas que cada vez está mais longe das pessoas”, disse.

Ricardo Sousa lembra que a Educação é fundamental para preparar uma sociedade mais “culta e desenvolvida”, mais “justa e solidária” e decisiva “para criar um cidadão mais participativo”.

É nesse sentido, que uma das propostas do PSD é a entrega dos manuais escolares a todos os alunos do 1ºciclo, sem exceção, que não sejam beneficiados pela ação social escolar, havendo também a intenção de reforçar o apoio social às famílias em matéria de educação, designadamente através de bolsas de estudo, e de manter e requalificar o parque escolar.