Sara Madruga diz que está à vista o fim da discriminação dos artistas madeirenses

Foto: Sara Madruga

O artistas madeirenses serão abrangidos nos apoios nacionais à internacionalização às artes.

Esta é uma das grandes novidades do novo modelo de apoio às artes anunciado ontem pelo secretário de estado da cultura Miguel Honrado e que já tinha sido garantido na Assembleia da República à deputada Sara Madruga da Costa que tem vindo a defender em São Bento o direito dos artistas e das entidades culturais da Madeira a aceder a esses apoios.

“Há dois anos que lutamos na Assembleia da República pelo fim desta discriminação inaceitável aos artistas madeirenses e à necessidade dos mesmos poderem aceder em igualdade de circunstâncias com os artistas de Lisboa ou Trás-os-Montes aos apoios nacionais às artes e à internacionalização”, revela um comunicado da deputada Sara Madruga da Costa.

“O alargamento dos apoios nacionais às artes aos artistas da Região é uma excelente notícia e uma forma de garantir a coesão social no território” referiu a deputada.

“A partir de agora os artistas madeirenses já poderão concorrer por exemplo aos apoios à internacionalização representando Portugal no estrangeiro”, situação que neste momento estava-lhes vedada pois apenas poderiam aceder a esses apoios os artistas e as entidades culturais com domicílio fiscal em território continental” esclareceu a deputada madeirense.