Dia do porto do Funchal com parada náutica a 18 de julho

O Conselho de Administração da APRAM decidiu instituir o dia 18 de Julho como o “Dia do porto”, evocando o dia 18 de julho de 1962, quando a Madeira inaugurou um porto com condições para a acostagem de navios e o imprescindível serviço de fornecimento de combustível liquido à navegação.

Cumpria-se assim, uma aspiração de séculos.

O Porto do Funchal foi sempre encarado como fundamental ao desenvolvimento não só da cidade do Funchal, mas de toda a região.

Talvez por isso, os madeirenses, sobretudo os funchalenses, sempre mantiveram uma estreita ligação com o seu porto.

A 18 de Julho, terça-feira, a comunidade náutica é convidada a participar na Parada Náutica, com largada prevista para as 17:30, junto à extremidade Este do molhe da Pontinha, percorrendo todos os molhes do porto, terminando frente á Gare Marítima, seguido de um convívio a partir das 18:15 na Gare Marítima.

Para este “Dia do porto” está previsto o seguinte programa:

14h00 – Gare aberta com visitas guiadas

16h30 – Visita à Exposição sobre a História do Porto

17h00 – Conferência por Luís Miguel Correia

17h30 – Parada Náutica. Inclui rebocadores da APRAM, com jactos de água.

18h15 – Convívio APRAM, com funcionários e comunidade portuária e marítima

18h30 – Entrega de placas alusivas aos trabalhadores com mais de 35 anos de serviço.