Mexia (EDP), Manso (EDP Renováveis) e responsáveis da REN arguidos por suspeitas de corrupção

Entrega prémios EDP 2011
António Mexia, líder da EDP, suspeito de corrupção.

António Mexia, líder da EDP, João Manso Neto, CEO da EDP Renováveis e dois responsáveis da REN, foram constituídos arguidos no âmbito de um processo de inquérito por parte do Ministério Público, que envolveu buscas domiciliárias na REN – Rede Elétrica Nacional, SA, na EDP – Energias de Portugal e na consultora “The Boston Consulting Group”.

Sobre eles impende suspeitas dos crimes de corrupção ativa, corrupção passiva e participação económica em negócio.