Prisão preventiva para sobrinho que matou a tia em Machico

O Tribunal Judicial da Comarca da Madeira decretou hoje prisão preventiva para um homem de 53 anos suspeito de esfaquear a tia até à morte, quinta-feira, em Machico.

De acordo com um comunicado do Tribunal da Comarca da Madeira, o arguido está indiciado por dois crimes, um de homicídio qualificado e outro de homicídio qualificado na forma tentada.

O homem foi detido pela PSP, apresentado pela Política Judiciária a primeiro interrogatório judicial de argudio detido e decretada a medida de coação mais grave.