Cafôfo visitou AMI com cacifos para os sem-abrigo na agenda

 

cafofo

O edil funchalense Paulo Cafôfo, acompanhado do respectivo Executivo, visitou hoje as instalações da delegação da Madeira da AMI – Assistência Médica Internacional, numa visita que contou igualmente com a presença de António Gomes, presidente da Junta de Freguesia de São Pedro, onde decorrem actualmente as ‘presidências abertas’ da CMF. Helena Andrade, responsável pela delegação da AMI na Madeira, e Cristina Menezes, responsável pelo Centro de Acção Social da AMI ‘Porta Amiga’ fizeram as honras da casa.

Paulo Cafôfo expôs à Direcção da AMI o propósito destes ‘Encontros com as Pessoas’, levados a cabo pelo Executivo junto da população e das forças vivas de cada freguesia, de maneira a perceber a sua realidade, as necessidades e as dificuldades, bem como de tentar estabelecer pontes com a autarquia, no sentido de facilitar diálogos e agilizar as mais diversas situações.

A AMI destacou, por seu turno, a colaboração desenvolvida com a CMF nos últimos dois anos, que considerou proveitosa de parte a parte, referindo que o reforço dessa cooperação deve ser um objectivo de ambas. Abordaram-se, igualmente, os Programas de Ocupação e Formação em Contexto de Trabalho, que, desde 2015, já deram uma oportunidade de emprego a mais de 200 pessoas, com a AMI a explicar que tem vindo a reencaminhar várias pessoas para os mesmos. A AMI apoia cerca de 60 pessoas diariamente, contando com quase uma centena de voluntários.

“Foi, por fim, assumida uma conjugação de vontades, no sentido de resolver um problema social que está a deflagrar na cidade, que é a questão dos sem-abrigo.  A Câmara Municipal do Funchal explicou que vai avançar, este ano, com a instalação de cacifos solidários no centro da cidade, destinados especificamente a ser entregues à população sem-abrigo, tendo, para o efeito, estabelecido um protocolo de colaboração com a Associação Conversa Amiga (ACA), que, ao longo da última década, desenvolveu um trabalho inovador em Lisboa, junto da população sem-abrigo”, refere um comunicado. O projecto “Cacifos Solidários” será agora instalado no Funchal com uma Equipa Técnica de Rua e uma delegação da ACA na cidade. Na reunião de hoje, a AMI dispôs-se prontamente a ajudar e a partilhar esta nova abordagem, pelo que o Executivo tratará agora de potenciar a colaboração entre ambas as associações.