Porto do Funchal e movimentos: algumas notas para reflexão

icon-paulo-farinha-opiniao-forum-fn-c

A Madeira destacou-se, mais uma vez, dos seus concorrentes, recuperando, em 2016, o título de Melhor Destino Insular da Europa, atribuído pelos World Travel Awards. Um prémio que disputou juntamente com as ilhas dos Açores, Baleares, Canárias, Creta, Chipre, Guernsey, Jersey, Malta e Sardenha.

O bilionário paquistanês Shahid Khan, engenheiro mecânico, que conta com 66 anos, radicado nos Estados Unidos, confiou no galardão atribuído à Madeira e não acreditou em conhecidas dificuldades no porto do Funchal, e o mega iate “Kismet” rumou à Ilha da Madeira desde Londres, escalando o Porto do Funchal no dia 7 de Outubro do corrente ano, pelas 21h00, com escala prevista até as 19h00 do dia 9 de Outubro. Goradas as intenções do proprietário do mega iate, o mesmo confirmou que efetivamente existiram dificuldades para a permanência de atraque programado do seu iate no Porto do Funchal, perante a realidade portuária do Funchal, volvidos 16 anos do século XXI, e antecipou a partida para o dia 8 de Outubro pelas 17h00, porque no dia seguinte, domingo, o Porto do Funchal estaria plenamente ocupado e bem, por 4 navios de cruzeiro, não havendo espaço de cais para o mencionado iate com 95 metros de comprimento se manter atracado.

iate2Fundeado junto ao Lazareto? Nem pensar! Infelizmente o interior do Cais 8 não é aproveitado para este segmento de navios privados, nem o Cais de São Lázaro, por manifesta falta de condições de atraque de mega iates, por exemplo das adequadas defensas.

Os proprietários têm muita estimação nos seus bens navais e preocupam-se imenso na preservação dos cascos dos seus iates. Em dia de casa cheia no Porto do Funchal, obtive uma imagem do estacionamento da APRAM para autocarros e viaturas ligeiras do Cais 8 completamente devoluto.

iate3Enfim! A realidade das imagens não suscitam dúvidas. E mais ainda, presenciei turistas a tentarem abrir as portas das instalações sanitárias existentes no local, Infelizmente encerradas.

O Governo Regional da Madeira aprovou um aumento de capital social da APRAM (Administração dos Portos da Região Autónoma da Madeira) «no sentido de assegurar um adequado equilíbrio financeiro da empresa, com vista à sua continuidade e à prossecução dos fins públicos que estão subjacentes aos seus fins sociais». O aumento de capital aprovado será no valor aproximado de 34 milhões de euros Prossecução dos fins públicos! Para quando o segundo terminal ferry no Porto do Funchal, previsto desde 1972, potenciando a necessária ligação via ferry entre a Madeira e o Continente? Segundo terminal ferry a ser construído no local da obsoleta Lota do Funchal que atrai gaivotas que ali defecam; ainda ontem ao visitar o Design Center Nini Andrade, o acesso estava conspurcado por gaivotas, o cheiro era pestilento e insuportável. Lamentável! O falcão estava ao serviço do mega iate “Kismet”, para o mesmo não ser atingido (carimbado) no Funchal. 

iate1