Domingo é por conta do Arraial da Liberdade do Partido Socialista na Praça Amarela

SONY DSC
Fotos Rui Marote

Um arraial partidário no centro da cidade, mais precisamente na Praça Amarela. A iniciativa é do Partido Socialista da Madeira e é para ser vivida ao longo de todo este domingo, com os discursos da praxe agendados para as 14 horas, da chancela de Carlos Pereira, presidente do partido e vice-presidente do Grupo Parlamentar em São Bento, Olavo Câmara, presidente da JS-M e de Pedro Nuno Santos, Secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares.

Pedro Nuno Santos é um dos convidados de honra do partido a nível nacional. Uma das figuras-chave na negociação com BE e PCP nos dossiers difíceis do governo central. O presidente da “Jota” é outra presença de registo.

Ao longo do dia de hoje, o tempo foi de preparação do arraial.

Para além da política, dos comes e bebes, a inconfundível música ao som do DJ Sérgio Borges, Paulo Costa, Jamie & the Marx e Akoustik Junkies.

Segundo o partido, esta será a segunda vez consecutiva que o PS-Madeira organiza, no Funchal, o “Arraial da Liberdade”, evento que, sobretudo por contenção financeira, veio substituir a “Festa da Liberdade”, que se realizava na Fonte do Bispo e que constituía, tal como agora, a “rentrée” política dos socialistas insulares.