António Costa vai ajudar solidariamente a fase de reconstrução da Madeira

/LC/

Foto: CMF
Foto: CMF

Por LUSA

O primeiro-ministro, António Costa, afirmou hoje que o Governo vai ajudar solidariamente a fase de reconstrução da Madeira depois dos incêndios, remetendo para o final da visita à ilha os pormenores concretos sobre os apoios.

António Costa, acompanhado de outros elementos do Governo, aterrou hoje à tarde no Funchal (ilha da Madeira) para uma visita de trabalho com vista a avaliar os estragos resultantes dos incêndios que assolaram a ilha nos últimos dias, considerando que “é preciso passar à fase seguinte com urgência”, a de reconstrução.

“Temos aqui condições para, trabalhando com o governo regional e as autarquias locais, ajudarmos solidariamente nessa segunda fase”, afirmou.

Perante a insistência dos jornalistas sobre os valores dos apoios em concreto, Costa respondeu: “Dentro em breve, no final da reunião, teremos condições para poder responder de uma forma útil às perguntas que queiram formular”.

“Nós viemos cá para ver qual é o novo apoio que podemos dar”, disse ainda o chefe de Governo.