Morreu o cónego Ernesto de Freitas

ErnestoO Cónego Ernesto Fernandes de Freitas, sacerdote diocesano da Diocese do Funchal, faleceu ontem, dia 15 de Abril, ao início da noite, no hospital do Funchal.

Segundo uma nota emitida pela Diocese do Funchal, tinha 85 anos de idade, e era natural do Faial, concelho de Santana. Nasceu no dia 26 de Janeiro de 1931, era filho de António Fernandes de Freitas e de Bela Augusta da Silva. Foi baptizado no dia 08 de Fevereiro de 1931 e confirmado a 02 de Abril de 1939. Depois do percurso formativo no Seminário foi ordenado diácono a 16 de Março de 1957 e Sacerdote no dia 21 de Julho do mesmo ano.

Dentro dos serviços eclesiásticos que desempenhou, na Diocese do Funchal, destacamos os seguintes:

– Cura da Paróquia de Machico:

de Setembro de 1957 a Outubro de 1958.

– Cura da Paróquia de Nossa Senhora do Monte:

de Outubro de 1958 a Dezembro de 1960.

– Pároco da Paróquia de São Vicente e Lameiros:

de Janeiro de 1961 a Outubro de 1982.

– Vice-Reitor do Seminário Diocesano do Funchal:

de Agosto de 1982 a Setembro de 1990.

– Pároco da Paróquia de São José:

de Setembro de 1990 a Agosto de 2000.

– Pároco da Paróquia de São Pedro:

de Setembro de 1990 a Outubro de 2010.

A sua vida de serviço do Evangelho deixou um testemunho de pastor e de fidelidade à Igreja, nomeadamente no acompanhamento espiritual dos fiéis que lhe estavam confiados e no acolhimento de muitos cristãos que o procuravam e a quem atendia, e sobretudo na sua vida dedicada ao ensino e à educação nesta Diocese.

A Diocese agradece o seu serviço presbiteral à Igreja e sua dedicação de pastor ao Povo de Deus.

A Eucaristia de corpo presente será presidida pelo Senhor Bispo do Funchal, D. António Carrilho, na igreja paroquial de São Martinho, segunda-feira, 18 de abril, pelas 11h30, seguindo-se o funeral para o jazigo da Diocese do Funchal, no Cemitério de São Martinho.

O corpo do Cónego Ernesto Fernandes de Freitas estará em câmara ardente a partir das 10h30, na igreja paroquial de São Martinho.