Jardim mete processo contra a Caixa Geral de Aposentações

alberto-joao-jardim-08O ex-presidente do Governo Regional, Alberto João Jardim acaba de meter um processo em tribunal contra a Caixa Geral de Aposentações (CGA).

O processo deu entrada a 22 de Janeiro último no Tribunal Administrativo e Fiscal do Funchal (TAFF).

O valor da acção administrativa é de 73.233,20€.

Tudo indica que o processo tem a ver com divergências sobre o montante da pensão a que o ex-chefe do Executivo regional tem direito.

Recorde-se que, a 2 de Setembro último, por razões diferentes mas conexas também os ex-secretários regionais Bazenga Marques, João Carlos Abreu e Jorge Jardim Fernandes moveram uma acção conjunta, dessa feita contra a Região Autónoma da Madeira.

Em causa esteve a retirada, desde Janeiro de 2015, de uma subvenção que os ex-governantes auferiam pelo seu desempenho de funções públicas.