Seguradora Lusitana insulta polícias por 15 mil euros

policia

|*Com AF|

Segundo o Correio da Manhã “dois agentes da PSP surpreenderam um carjacking com sequestro, em Lisboa. Ao tentar impedir o crime, uma mulher-polícia foi atropelada pelos ladrões. Sofreu ferimentos graves. A PSP quis que a seguradora do carro pagasse 15 mil euros gastos em ordenados e tratamentos na baixa médica da agente. Os advogados da seguradora Lusitania, em recurso para a Relação de Lisboa, insultaram e achincalharam os dois agentes: “não passaram de aprendizes”; “nem tinham a cabeça no lugar”; e “a atuação dos polícias pareceu uma simples brincadeira de crianças” foram algumas das frases usadas e que o tribunal – que deu razão à PSP – ataca.”