Onde estão os assistentes de câmara da RTP?

SONY DSC
Foto Rui Marote

Com Rui Marote / A RTP teve, durante anos, nos seus quadros assistentes de câmara. Mas bem pode dizer-se que é uma profissão extinta em nome da propalada contenção de despesas.

Hoje, o operador de câmara carrega tudo, tripé, câmara, luzes, baterias, cassetes e, por vezes, o sistema de iluminação. Às vezes, ainda faz de condutor. Felizmente que pode contar com o jornalista que lhe deita a mão e leva o tripé.

Chavões como sinergias de grupo, outsourcing, polivalência e outro léxico da mesma família virou moda nas empresas. No poupar é que está o ganho. O reconhecimento, depois, aparece com as dores de coluna que atiram estes profissionais para os estúdios, deixando de efetuar serviços no exterior.