Bispo do Funchal encontra-se com Papa Francisco

bispoO Bispo do Funchal, D. António Carrilho vai encontrar-se para a semana, em Roma, com o Papa Francisco.

Trata-se da reunião que, habitualmente, acontece de cinco em cinco anos.

Eis a mensagem que D. António Carrilho escreveu e divulgou hoje aos fiéis madeirenses a propósito deste encontro:

“Mensagem de D. António Carrilho, Bispo do Funchal,

na hora da partida ao encontro do Papa Francisco

É tradição na Igreja que os Bispos de todo o mundo, organizados em conferências por países ou regiões, visitem o Papa, aproximadamente de cinco em cinco anos.

É, pois, com grande alegria, que juntamente com os outros bispos de Portugal, participo nos próximos dias, de 7 a 12 de setembro, na visita ad limina apostolorum, visita ao Papa Francisco na cidade de Roma. Da Diocese do Funchal, comigo estará também D. Teodoro de Faria, Bispo Emérito.

O programa destes dias proporciona uma extraordinária oportunidade de encontro entre os bispos portugueses, de criar maiores vínculos de comunhão entre nós e com o Papa Francisco, Pastor da Igreja universal, como sucessor de Pedro.

Visitaremos e celebraremos a fé nas grandes e belas basílicas de São Pedro, de São Paulo, de São João Latrão e de Santa Maria Maior. Levaremos as orações do nosso povo aos túmulos de São Pedro e de São Paulo. Mas a visita é também um tempo de trabalho, com visitas à Cúria Romana, suas congregações e outras instâncias ao serviço do Papa e dos fiéis católicos espalhados pelo mundo inteiro. Apresentaremos a vida pastoral das nossas dioceses e ouviremos a palavra amiga e fraterna, as orientações e recomendações do Papa.

Todos podem contar com a oração dos seus bispos, com o nosso desejo e empenho para melhor servir o bem das nossas comunidades diocesanas e da missão da Igreja, num mundo cheio de desafios.

Juntos rezemos e vivamos ao serviço da alegria do Evangelho, fortalecendo a fé e a comunhão, sinal forte e visível da presença de Deus no meio de nós. O mundo de hoje, mais do que nunca, precisa deste nosso testemunho de fé e unidade, da Esperança que é o próprio Deus.

Funchal, 04 de Setembro de 2015

† António Carrilho, Bispo do Funchal”