Jardim Municipal pequeno para ouvir VItorino

SONY DSC
Vitorino cantou e encantou. Fotos Rui Marote.

O ponto alto da abertura do Festival Raízes do Atlântico foi a atuação misical do cantor VItorino já depois das 23 horas. No seu estilo direto e satírico e com uma boa banda, o cantor cativou ontem a multidão que encheu o Jardim Municipal.

O Festival doAtlântico também contou com a atuação do grupo madeirense Xarabanda que levou também o público ao rubro com as suas canções tradicionais e bem animadas.