Patrulha Fura-bardos

Foto: fura-bardos @ José Juan Hernandéz
Foto: fura-bardos @ José Juan Hernandéz

A SPEA e o Corpo Nacional de Escutas (CNE) voltaram a estabelecer uma parceria para que, tendo por base a iniciativa da Ave do Ano, o tema das aves selvagens e dos seus habitats seja inserido nas atividades dinamizadas pelos escuteiros.

Em 2015, o Fura-bardos será o grande protagonista! Esta espécie, que apenas pode ser encontrada na ilha da Madeira e no arquipélago das Canárias é um exímio caçador. Ilustre desconhecido para muitos, pouco se sabe acerca do mesmo e, por esta razão, e na sequência dos incêndios que aconteceram nos últimos anos, está a decorrer desde 2013 o projeto LIFE Fura-bardos. Com a campanha ave do ano dirigida a esta espécie em 2015, pretende-se dar a conhecer o Fura-bardos e reforçar a importância de se investir na conservação de espécies que apenas existem em locais muito limitados do planeta.

A parceria com o CNE, que começou em 2014, dirige-se a todos os exploradores/moços e todos os anos o projeto resultante desta conjugação de esforços adota o nome da ave do ano em questão. Em 2015, o projeto chamar-se-á “Patrulha Fura-bardos”. O objetivo final é que os exploradores/moços concretizem com sucesso várias tarefas alusivas à espécie para, no final, obterem a insígnia com a imagem do Fura-bardos.

A obtenção da insígnia pressupõe a realização de quatro tarefas sobre a espécie, sem ordem específica, mas com uma data limite para a sua finalização. As tarefas deste ano são: elaboração de uma ficha de identificação da ave, elaboração de uma bandeirola, construção de uma máscara com materiais reciclados e o envio de um vídeo com o grito e lema da patrulha. Caso desejem, as patrulhas/tripulações poderão ainda desenvolver uma ação simbólica de plantação de uma árvore, contribuindo para a recuperação de áreas florestais.

Este projeto começa em março e estende-se até ao fim de junho, com a entrega das insígnias de participação em julho.

Para mais informações ou esclarecimentos sobre o projeto “Patrulha Fura-bardos”, contacta o Departamento Nacional de Ambiente (ambiente@cne-escutismo.pt) ou a SPEA-Madeira (madeira@spea.pt)