O engenheiro e a bicicleta

bicicleta_foto

Em todos os partidos, os bastidores das campanhas eleitorais davam uma novela com recordes de audiências. Lembremo-nos das últimas eleições autárquicas. Vem-nos hoje à memória uma tirada do CDS-PP que comprou uma bicicleta, de elevado valor, para um seu militante apelar ao voto pelas ruas do Funchal, em alto estilo. Foram tempos de acrobacia eleitoral, lembram-se? Já Paulo Cafôfo, candidato da Mudança, mostrava brios no parapente. Acontece que Cafôfo foi eleito e teve lugar de honra na autarquia. Mas o engenheiro militante dos populares, preparava-se para regressar a Lisboa com a amiga de duas rodas. Não fora um funcionário zeloso do partido e adeus bicicleta. Foi mesmo por um triz. Estepilha!