PSD critica esquecimento da Câmara quanto à freguesia dos Canhas

Dando continuidade ao projecto “PSD + Próximo” e depois da freguesia da Madalena do Mar, a Comissão Política Concelhia do PSD Ponta do Sol deslocou-se, ontem, à freguesia dos Canhas, para fazer o balanço do trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pelos autarcas social-democratas eleitos, numa oportunidade em que o contacto com a população voltou a ser privilegiado.

Na oportunidade, salientou-se “o trabalho desenvolvido pela Junta de Freguesia a favor da população e, em particular, dos agricultores – designadamente através da construção e recuperação de veredas e canais de rega – mas, também, o papel fundamental que tem vindo a ser dinamizado pelas Associações locais, concretamente na recolha, salvaguarda e divulgação da cultura e tradições da freguesia, num trabalho que importa manter e passar às novas gerações”, refere um comunicado.

“Efetivamente, é importante conhecer, valorizar e incentivar todo este trabalho, ouvindo a população e percebendo de que forma é que podemos, sempre, melhorar a nossa actuação”, refere, a este propósito, o presidente da concelhia, Lino Pita, que, pelo contrário, assume ter ouvido sérias críticas, por parte dos residentes, quanto à forma como a Câmara Municipal “esqueceu os Canhas”, depois das eleições autárquicas.

“Ao contrário de outros, nós, PSD, não nos lembramos das pessoas nem apresentamos trabalho apenas na altura das eleições”, assegurou.

Por seu turno, o presidente da Junta de Freguesia dos Canhas, Norberto Pita, frisou a validade desta iniciativa, afirmando que “o PSD sempre foi um partido de proximidade”.