ALRAM ouviu o director da Casa de Saúde São João de Deus

Diz uma nota da ALRAM que a Comissão Especializada Permanente de Saúde e Assuntos Sociais ouviu, esta manhã, o diretor da Casa de Saúde São João de Deus, enfermeiro Eduardo Lemos, relativamente ao Projecto de Resolução, do PS, que “Recomenda ao Governo Regional a Criação de uma comunidade terapêutica de reinserção social”.

Eduardo Lemos afirmou que “houve um abrandamento significativo, em 2012”, dos consumos de substâncias psicoactivas, “por via do trabalho feito por esta Assembleia de uma Resolução que diminui consideravelmente os números de pessoas internadas, não obstante, esses números voltaram a subir particularmente com a pandemia”.

Reforçou que “a pandemia trouxe um aumento significativo”, referindo que “em 2021 houve 233 episódios e nos primeiros 6 meses do presente ano, 110, dos quais 50 pessoas que nunca tinham dado entrada na Instituição”.

No que concerne ao álcool, Eduardo Lemos garantiu que há que considerar uma envolvente difícil por questões da natureza cultural e económica.

“A Região Autónoma da Madeira, é uma Região produtora de bebidas destiladas, nomeadamente a poncha, onde existe uma envolvente muito grande de consumo”.

Considerou entretanto que a comunidade terapêutica é uma unidade que visa principalmente a recuperação e reabilitação com vista à reinserção.