PJ colabora com o FBI apreendendo um servidor de website criminoso

A Polícia Judiciária, através da Unidade Nacional de Combate ao Cibercrime e à Criminalidade Tecnológica (UNC3T), com a colaboração da Unidade de Perícia Tecnológica e Informática (UPTI), em cumprimento de diligências solicitadas pelas Autoridades dos EUA, desmantelou e apreendeu em Portugal um servidor que alojava um website, denominado de “WT1SHOP”, que suportava um esquema criminoso para a compra e venda de dados e informações pessoais, obtidos através do acesso ilegítimo, intrusão e captura de credenciais de milhões de utilizadores de internet e plataformas online.

O site em causa disponibilizava, ilicitamente, cerca de 6 milhões de dados e informações de identificação pessoal, nomeadamente dados de passaportes, cartas de condução digitalizadas, contas bancárias, cartões de crédito e credenciais de acessos a diversos websites e serviços; (instituições financeiras, contas de e-mail, contas de PayPal, cartões de identificação, acessos remotos a computadores e servidores).

Simultaneamente o FBI procedeu à apreensão de mais quatro domínios utilizados pelo website “WT1SHOP”:  “wt1shop.net“, “wt1store.cc”, “wt1store.com“, e “wt1store.net“.

A este repositório de dados estava associado um fórum com mais de 100.000 utilizadores registados, que usando mecanismos de pagamento suportados em moedas virtuais, compravam e vendiam todo o tipo de dados pessoais referidos, gerando receitas na ordem dos 4 milhões de dólares americanos.