Hospital Dr. Nélio Mendonça completou 49 anos de existência

O Hospital Dr. Nélio Mendonça celebra hoje, dia 9 de Setembro, o seu 49º aniversário. Assim, a Secretaria Regional da Saúde e Protecção Civil divulgou palavras de agradecimento e reconhecimento dirigidas aos profissionais que diariamente, 24 horas por dia, 365 dias por ano, dedicam a sua vida ao “cuidar”.
“A história das instituições é feita de pessoas. Ao longo de 49 anos, muitos foram aqueles que se dedicaram ao Nosso Hospital e aos Nossos Utentes, com enorme sentido de missão, profissionalismo e responsabilidade, a quem reconhecidamente agradecemos todo o seu empenho, profissionalismo e espírito de missão”, refere a nota governamental.
“Hoje já são 6 mil profissionais a cuidar da Saúde e bem-estar da população da RAM e visitantes, nas várias áreas e nos vários níveis da prestação de cuidados. Hoje, cuidamos mais, cuidamos melhor e com mais diferenciação. A TODOS MUITO OBRIGADO” refere-se.
O programa festivo iniciou com uma Eucaristia presidida pelo bispo do Funchal, D. Nuno Brás, na capela do Hospital Dr. Nélio Mendonça” Posteriormente, realizou-se uma cerimónia na sala de conferências do Hospital, com a participação do residente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, do secretário regional de Saúde e Protecção Civil, Pedro Ramos, da presidente do Conselho de Administração do SESARAM, Rafaela Fernandes, do director clínico do SESARAM, Júlio Nóbrega, e do enfermeiro director, José Manuel Ornelas.
No programa houve ainda espaço para uma Conferência proferida pelo professor Nuno Jardim Nunes, sob o tema “Digitalização na Saúde e da Saúde”.
Para finalizar a comemoração do quase meio século do Hospital Dr. Nélio Mendonça, e tal como já tem vindo a ser prática, profissionais, dirigentes e convidados reuniram-se no Hall de entrada do Hospital Dr. Nélio Mendonça para cantar os Parabéns.
A 9 de Setembro de 1973 o Hospital Dr. Nélio Mendonça, na altura designado por Hospital Distrital do Funchal foi inaugurado, uma inauguração que contou com a presença do então presidente da República, Almirante Américo de Deus Rodrigues Thomaz e a sua esposa, D. Gertrudes Ribeiro da Costa Rodrigues Thomaz.
A imprensa regional, publicada na altura, noticiou o evento e declarou “o distrito do Funchal passou a dispor de um dos melhores e mais bem equipados hospitais portugueses, e também dos melhores ao nível estrangeiro”.