PTP denuncia contínua degradação do Serviço Regional de Saúde

O PTP manifesta a sua preocupação pela degradação contínua do SRS, e a sua crescente incapacidade de prestar um serviço público eficiente, refere uma nota de imprensa, considerando que tarda a prometida refundação, que não passou de engodo eleitoralista.

As medidas do Governo Regional são “pensos rápidos” que alimentam e potenciam a mercantilização da saúde, ao serviço de uma privada apostada em fazer lucro, apostados em esvaziar a capacidade de resposta do sector público, pela tal, promiscuidade entre sectores, numa cooperação que só traz desvantagens para o público.

Urge, portanto, uma refundação do Serviço Regional de Saúde acompanhada de uma crescente
despolitização que abra caminhos de transparência e produtividade com o sector privado sem o crescente endividamento e degradação do sector público na saúde, postulam os trabalhistas.