PAN apresenta sugestões sobre a segurança e mobilidade urbanas

O PAN-Madeira continua a apresentar extensos comunicados condenando a actuação da CMF e apresentando alternativas. Desta feita, diz que nestes primeiros onze meses de executivo, a actual vereação do “Funchal Sempre à Frente” tem mostrado que, “para eles, ter melhor mobilidade urbana significa ter mais carros e mais túneis”,

“O aumento do número de viaturas automóveis que circula na cidade é um dos grandes problemas do Funchal”, sentencia o PAN.

Perante um problema que afecta a todos, o PAN Madeira apresenta 6 propostas para devolver a cidade do Funchal aos seus habitantes:

1) Oferecer uma rede de calçadas contínua e acessível

a) uma “zona para pedestres” livre de obstáculos para facilitar a circulação;

b) uma “zona de equipamentos”, que inclua árvores, placas de sinalização, receptores de lixo, mobiliário urbano ecossustentável e zona de drenagem.

c) rampas de acesso para garantir a acessibilidade a cidadãos com mobilidade reduzida de cadeira de rodas e a carrinhos de bebé;

d) superfícies tácteis para pedestres com deficiência visual

e) pavimento antiderrapante para reduzir o risco de escorregões e quedas em dias de chuva.

f) pilares de metal nos limites dos passeios que não permitem os condutores estacionarem as suas viaturas nos passeios.

2) Criar zonas seguras para crianças e adolescentes

O PAN considera inadmissível que existam escolas e outros espaços frequentados por crianças e jovens cujos acessos se fazem sem passeios e muitas vezes com portas directamente para a rua.

3) Promover mais ruas de circulação exclusiva para peões

O partido defende o aumento de ruas exclusivas para peões, levando assim uma maior segurança aos cidadãos e um maior contributo ao comercio local. Em 2016 foi apresentado um estudo que envolveu mais de 100 cidades no mundo que mantinham diversas ruas exclusivas para peões que mostrou que as vendas no comércio aumentaram mais de 40%..

4) Promover zonas de ruido adequada às funções de habitação, trabalho e lazer

O ruído é hoje comumente reconhecido como um dos factores dominantes na degradação do ambiente urbano. .

5) Promover os transportes públicos gratuitos e não poluentes

O PAN defende a existência de ciclovias e transportes públicos gratuitos para todos os jovens até aos 25 anos e a todos os cidadãos com mais de 65 anos.

Desafia ainda o partido, antes de construir qualquer “mega” túnel, o estudo para o transporte eléctrico sobre carris “TRAM” que ligasse a baixa do Funchal à Praia Formosa.

6) Criar um plano municipal de implantação de ciclovias

O PAN defende a existência de ciclovias, pois entendemos que uma cidade com ciclovias é uma cidade mais activa, mais segura e mais saudável.