Seminário “Levadas da Madeira candidatas a Património Cultural da UNESCO” no Parque Temático da Madeira

No âmbito do seminário “Levadas da Madeira candidatas a Património Cultural da UNESCO”, que decorrerá amanhã, dia 24 de junho, no Parque Temático da Madeira, a Secretária Regional de Ambiente, Recursos Naturais e Alterações Climáticas, Susana Prada, presidirá à sessão de abertura do evento.

Desde 2017, as “Levadas da Madeira” integram a Lista Indicativa de Portugal a Património Mundial, tendo já sido entregue pela Secretaria Regional de Ambiente, Recursos Naturais e Alterações Climáticas (SRAAC) à Comissão Nacional da UNESCO, a primeira versão da Candidatura das Levadas da Madeira a Património Cultural Mundial.

As Levadas da Madeira representam um multifuncional sistema de canais de transporte de água, são usadas para o consumo humano, irrigação agrícola e demais regadio, ação de engenhos tradicionais, produção de energia elétrica e para usufruto da natureza, através do pedestrianismo.

Às Levadas da Madeira está associada uma diversidade de estruturas edificadas que fazem igualmente parte do património cultural madeirense. Destas edificações, destacam-se as galerias, casas de abrigo, casas de água, furnas, poios, poços, caixas de decantação, caixas de divisórias de água, serragem de água, moinho de água e centrais hidroelétricas. Igualmente relevantes são as estruturas de rega que podem ser encontradas em toda a ilha, a saber, as regadeiras e os tornadoiros. Todo este manancial está relacionado com o sistema e gestão da água neste território insular e a sua lógica distributiva, tão singulares que o distinguem de outros sistemas no mundo.

Concomitantemente, e construído à volta das Levadas da Madeira, existe um extenso património imaterial, incluindo práticas de regadio, a componente linguística, com termos e expressões que só a população madeirense compreende, assim como tradições, lendas e narrativas.

O programa do evento é o seguinte: