PSD-M elege comissões políticas concelhias alargadas

Depois da eleição das Comissões Políticas de Freguesia, que se realizou na passada sexta-feira, dia 6 de Maio, o PSD/Madeira arrancou, hoje, com o processo de eleição das Comissões Políticas Concelhias, um processo que decorre até ao dia 17 de Maio.

Presidida por Guido Andrade Gonçalves e tendo como Vice-presidentes Nídia Paula Mendes Neves e Ricardo Jorge Joaquim Fernandes, a Comissão Política de São Vicente foi a primeira a ser votada nesta quarta-feira, seguindo-se, ao fim do dia, as eleições para as Comissões Concelhias de Santana e Ribeira Brava, informa uma nota às Redacções.

Conforme explica o secretário-geral, José Prada, estas votações cumprem com o previsto e já calendarizado programa de acção após o último Congresso Regional. Apresentam, como novidade e em função da alteração aos Estatutos do Partido que foi aprovada, o facto de cada uma destas Comissões Concelhias passar a contar, pela primeira vez, com um presidente e dois vice-presidentes e, também, com um representante do Núcleo dos Emigrantes.

As alterações “foram levadas a cabo à luz do reforço da capacidade de acção, de proximidade e de resposta destas estruturas locais”, criando-se, através desta nova configuração, as condições necessárias para apostar, ainda mais, no envolvimento e na participação activa de todas as estruturas na estratégia política do partido, rumo às vitórias de 2023 e 2025.

No âmbito destas votações, segue-se, amanhã, dia 12, a eleição da Comissão Política Concelhia do Porto Moniz. A maioria dos concelhos – Funchal, Câmara de Lobos, Ponta do Sol e Santa Cruz – elege as suas Comissões na próxima segunda-feira, dia 16. Calheta e Machico encerram esta votação local, a 17 de Maio, dado que a mesma não se realiza no Porto Santo.