“Cartão do Voluntário” premiará o voluntariado regular

No Museu das Cruzes, no final da tarde de segunda-feira, parceiros, entidades, amigos e colaboradores da Associação Casa do Voluntário marcaram presença na tomada de posse dos novos órgãos sociais da Instituição.

De acordo com um comunicado, Helena Correia tomou posse para mais quatro anos à frente dos destinos da Casa do Voluntário, que conta já com duas décadas de existência.

A representar o presidente do Governo Regional esteve Rita Andrade, secretária regional de Inclusão Social e Cidadania, que frisou o trabalho de parceria entre o Governo Regional e esta Associação, na promoção do voluntariado na RAM, em áreas tão variadas como a acção social, a saúde, a educação, a ciência e cultura, a defesa do património e do ambiente, a reinserção social e a protecção civil, entre outras.

“A Casa do Voluntário presta um serviço muito relevante e temos tido um trabalho próximo, em variados projectos de voluntariado, que contam e continuarão a contar com o apoio do Governo Regional, tendo inclusivamente estendido a sua ação à ilha do Porto Santo, com o Projeto Porto Santo Inclusivo”, sublinhou Rita Andrade.

A governante disse ainda que “após aprovação do Estatuto do Voluntário em 2019, retomaremos este ano em força os projetos ligados a este regime jurídico, nomeadamente o registo e atribuição do cartão do voluntário. Desta forma, os voluntários regulares poderão usufruir de vários benefícios, o que para nós  faz todo o sentido, considerando que dão tanto de si pelos outros”.