Imundície nas águas do Lido não augura nada de bom para o Verão

A estação estival ainda não começou e a corrida às praias também não. A temperatura da água ainda não agrada à maioria dos madeirenses. Mas o que continuamos a ver nas águas da Madeira não augura nada de bom. No Lido poente, um disputado acesso ao mar, até pela gratuitidade da entrada, continuamos a ver, como o FN se fartou de denunciar o Verão passado, imundície a flutuar à tona das águas. O problema é crónico de décadas e parece não ter cura, apesar de até o presidente do Clube Naval do Funchal, António Fontes, colectividade ali próxima, se ter já queixado deste recorrente fenómeno ao Ministério Público. As entidades competentes, policiais e camarárias, mostram-se há anos incapazes de chegar a uma conclusão. Fica aqui o registo, já a anunciar o que se passará provavelmente nesta praia quando o calor apertar e os cidadãos ousarem ansiar por um mergulho em água limpa.